Simule

Inovação e gestão como solução para enfrentar a crise

3 de junho de 2020

compartilhe

Uma crise é capaz de deixar a todos diante de uma série de desafios inesperados. No entanto, especialmente em tempos como esse, é preciso reinventar sua capacidade de adaptação, idealização e, acima de tudo, de obter sucesso – apesar de todas as adversidades.

Isso porque, quando se trata de uma crise, é preciso conjecturar as inúmeras possibilidades existentes. Indo de quebras na bolsa de valores a calamidades na saúde pública, o ser humano sabe bem como a inovação pode ter um papel imprescindível na resiliência e, mais do que isso, ser uma ferramenta ímpar na transformação deste quadro.

Para se ter uma ideia, a atual crise vivenciada mundialmente é apontada como a pior nos últimos tempos, desde 1930 segundo uma pesquisa realizada pelo portal UOL. Ainda assim, se há uma característica inerente ao brasileiro é sua persistência e, tendo isso em vista, é possível aproveitar sua sabedoria para encontrar soluções para estes desafios, de forma colaborativa e revolucionária.

Dessa forma, uma cultura de inovação e colaboração pode ajudar a reverter uma crise, além de ser indispensável para mudar práticas e mentalidades. Por isso, separamos algumas soluções para você enfrentá-la com astúcia, modernidade e, claro, com o auxílio da tecnologia. Entenda:

Não deixe de inovar

Durante uma crise, o que mais importa é como você vai sair dela e como conseguirá manter-se de pé nos meses posteriores. Por isso, inovar é a palavra chave para que esse processo se dê da melhor forma possível, especialmente porque um produto ou serviço revolucionário é capaz de atrair a atenção de investidores e clientes que antes não conheciam seu trabalho.

Dessa maneira, este conceito acaba se atrelando ao empreendimento. Afinal, por mais que sua empresa esteja passando por problemas agora, seguir reformulando suas práticas é fundamental para que a companhia não afunde e – no fim de tudo – tenha um resultado positivo. Por isso, não se acomode apenas ao que você já possui e oferta para o seu consumidor. Pergunte-se: “O que eu posso oferecer que seja transformador e melhore a experiência do cliente com o meu produto?”. Focar no aperfeiçoamento e na entrega de novidades é uma estratégia eficaz e assertiva

Invista em novas tecnologias para reduzir seus gastos

Abrir a mente para novas tecnologias é mais do que necessário para inovar e, hoje em dia, a melhor maneira de empreender é fazendo o uso das ferramentas e descobertas que a modernidade trouxe, compreendendo que elas são capazes de gerar uma série de benefícios para você e sua empresa – como a otimização de seus trabalhos, o aumento da produtividade e o corte de custos.

Considere que economizar em um momento em que se está saindo da crise é uma atitude de grande importância para voltar a construir uma reserva financeira. Por isso, comece procurando o que pode ser cortado ou diminuído, como a conta de energia, por exemplo.

Existem empresas que podem fazer isso por você, como a Cogecom, que reúne organizações cujo interesse é reduzir a conta de energia. Com base nisso, ela implementa soluções renováveis para substituir o consumo elétrico e, dessa maneira, intermedia o rateio do excesso produzido, garantindo mais economia no estabelecimento. Esta é uma forma mais sustentável de gerenciar os gastos elétricos do seu negócio e, mais do que isso, uma forma de usar uma inovação tecnológica como uma alternativa para poupar e voltar a construir um fundo monetário para que a sua companhia consiga se reerguer

Faça proveito das adversidades

Como já foi visto acima, as organizações inovadoras, flexíveis e resilientes – que buscam um objetivo comum e um bem maior – são aquelas que serão capazes de enfrentar novos desafios de frente e viverão para contar a história.

Por isso, estando ciente deste fato, é essencial saber que, quando o futuro parece incerto, é preciso transformar as adversidades em possibilidades e, para isso, será necessário atrelar esta prática ao incentivo de uma cultura mais ampla de inovação colaborativa.

Assim sendo, o que as organizações precisam agora são das ferramentas certas, da mentalidade certa e das pessoas certas para unirem forças e transformarem a crise em oportunidade, tendo como base uma forte gama de ideias e a preocupação com o futuro das próximas gerações.

Gostou? Então deixe aqui nos comentários.
Como sua empresa está inovando no momento de crise?

VOCÊ JÁ CONHECE NOSSAS REDES SOCIAIS?
ACESSE AQUI e fique por dentro de tudo que acontece na Cogecom e no mundo da energia 🙂