Simule

Início da Cogecom em Santa Catarina mostra a versatilidade dos cooperados

30 de janeiro de 2020

compartilhe

A chegada da Cogecom a Santa Catarina mostra a versatilidade do tipo de empreendimento que pode adotar as pequenas usinas geradoras de energia para economizar e que, consequentemente, adota uma atitude mais sustentável. Hotéis, restaurantes, postos de gasolina e farmácias estão entre os negócios que passaram a ser cooperados.

Estabelecimentos de médio porte, com longos períodos de funcionamento – ou até 24 horas, como os hotéis e farmácias – encontram nas pequenas usinas de geração de energia da Cogecom uma solução que trará a economia sem demandar altos investimentos. A alternativa é vantajosa especialmente se comparada com a instalação de placas fotovoltaicas (de energia solar), que têm um custo mais elevado.

Em Florianópolis, hotéis como o Rallick, o Trocadeiro e o Lice já estão entre os cooperados. Entre restaurantes, há unidades do Guacamole e do Didge, que também estão optando pela energia limpa, além da rede Madero, que já participava da cooperativa antes mesmo de chegar a Santa Catarina, com as unidades do Paraná, onde fica sua sede. Os restaurantes Mortadela Canton e Rosa Mexicana, ambos restaurantes em Blumenau, também optaram pela energia limpa.

As pequenas usinas também podem ser uma ótima alternativa para negócios como academias de ginástica, lavanderias e pequenas confecções, que têm um elevado consumo de energia devido aos aparelhos utilizados para as suas operações.