Simule

Energia renovável: Brasil bate 10 recordes em Julho.

9 de agosto de 2021

compartilhe

Produção de energia renovável, bate recordes! Dados são do Operador Nacional do Sistema Elétrico

O Brasil bateu, no mês de julho, 10 recordes de produção de energia de fontes renováveis na região Nordeste. Os dados são do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Foram quatro recordes de geração eólica média e quatro de geração instantânea, além de dois recordes de produção de energia solar.

O Ministério de Minas e Energia destacou o índice registrado em 22 de julho, quando, pela primeira vez, a força dos ventos gerou energia capaz de abastecer 102% da região Nordeste durante 24 horas. Só naquele dia foram produzidos mais de 11 mil megawatts médios de energia eólica.

O diretor do Departamento de Informações e Estudos Energéticos do ministério, André Osório, afirmou que essas duas maneiras de gerar energia fazem parte da matriz energética renovável do país. De acordo com ele, essas formas de produzir sem esgotar a fonte de energia é predominante e deve continuar assim.

“A participação das [fontes] renováveis na matriz elétrica deve continuar acima de 80% até 2030, chegando a cerca de 85% em 2050. Tais resultados serão alcançados, em boa medida, pelo aproveitamento, pelo país, de seus potenciais eólico, solar e de biomassa”, disse Osório.

Esse período que vai até novembro é conhecido como safra dos ventos. De acordo com o ONS, a energia eólica hoje representa 10,9% da matriz elétrica brasileira e a expectativa é que chegue a 13,6% ao fim de 2025.

Já a energia solar representa 2% da matriz, com expectativa de atingir 2,9% até o fim deste ano. No dia 30 de julho, foi registrado o novo recorde de geração solar média, com o acúmulo de 682 megawatt médios em apenas 24 horas. Essa quantidade corresponde a 5,8% da demanda da Região Nordeste. 

O diretor do Ministério de Minas e Energia, André Osório, afirmou que o ministério planeja investir 2 trilhões e 700 bilhões de reais para garantir a expansão da produção de energia renovável pelos próximos 10 anos.

Fonte: Agência Brasil

Como conseguir energia renovável na região sul?

Para a Região SUL, o sistema de geração distribuída ainda consegue ser a melhor forma de contornar o problema de consumo elevado de energia não apenas no curto prazo, mas durante o ano todo:

“Quando o consumidor usa energia de fonte renovável além da concessionária, temos mais geração. Mais do que economizar é necessário repensar o consumo.”

O sistema de geração distribuída é o mais sólido e acessível no momento atual. Por se tratar de algo sem investimento e sem mexer na estrutura local, muitos condomínios e estabelecimentos tem aderido pelo retorno médio de 15 – 25% de economia de energia.

Sistema COGECOM de energia renovável.

Sem custo de adesão, o estabelecimento participa da geração remota de energia em usinas menores de energia renovável, que são repassados a concessionária, gerando créditos de energia pagando de 10 – 20% menos na fatura.

Você pode saber se seu estabelecimento se enquadra para Geração Distribuída clicando aqui.

Entre em contato e lhe ajudaremos gratuitamente a saber qual alternativa é melhor para seu negócio.