Simule

Cooperativa de geração de energia é alternativa adotada por renomados restaurantes de Curitiba

12 de março de 2020

compartilhe

Gerir um restaurante vai além de um bom cardápio e de uma equipe preparada. Quem está à frente desse tipo de negócio precisa usar muita estratégia para entregar um serviço de qualidade e manter o equilíbrio das contas. A preocupação com economia está não só nos insumos utilizados no preparo dos pratos, mas todas as faturas a serem pagas fazem diferença no orçamento, inclusive a de energia. Atentos a essa realidade, estabelecimentos renomados do Paraná têm aderido à Cogecom, cooperativa de geração de energia que proporciona até 20% de redução no valor da conta de luz.

Babilônia, Bobardí, Forneria Copacabana e Taj são alguns dos cooperados que apostam no novo modelo que também contribui para a sustentabilidade, já que Cogecom trabalha com fontes renováveis de energia. A alternativa também já está sendo adotada no ramo de fast food, com a adoção da alternativa por algumas unidades da rede Subway.

“Nós fomos um dos primeiros restaurantes a fazer adesão à Cogecom e tem sido uma ótima experiência, pois temos a união da qualidade da prestação do serviço sem perder o ritmo de trabalho!”, diz Marcelo Woellner Pereira, sócio proprietário no Grupo Babilônia. “Quando se vê uma possibilidade de energia mais limpa, mais sustentável e com um custo mais acessível, obviamente que ficamos muito interessados”, acrescenta o empresário cujo o restaurante é conhecido em Curitiba por operar 24 horas por dia.

Como funciona?

A cooperativa faz a gestão da produção de energia em mini usinas e o rateio do excedente produzido. Também conduz interfaces com os órgãos competentes, assegurando o processo e o cooperado. Toda energia gerada é injetada na rede da concessionária, no caso do Paraná, a Copel. Essa energia é revertida em créditos que são abatidos no valor da fatura das empresas integrantes da cooperativa.

Criada há dois anos no Paraná, a Cogecom é pioneira no Brasil nesse modelo de cooperativa de geração de energia e já tem quase 1 mil cooperados. Em dezembro de 2019, a iniciativa passou a ter abrangência em Santa Catarina, onde restaurantes como Guacamole e Didge já passaram a integrar a grupo de cooperados.

A equipe da Cogecom está à disposição para fornecer mais detalhes e conceder entrevistas.

Confira agora um vídeo de um dos cooperados Cogecom, Forneria Copacabana:

Contato: Argumento Comunicação