Simule

Como a ENERGIA EÓLICA está sendo utilizada no Brasil e no mundo

22 de maio de 2020

compartilhe

Bons ventos

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), a energia eólica é um mecanismo de desenvolvimento limpo que é majoritário para a economia verde.

Sendo uma fonte renovável, a força dos ventos é aproveitada pelos movimentos mecânicos das turbinas que convertem energia cinética em elétrica, sem a emissão de gases poluentes e resíduos à natureza. Esta tecnologia é uma ação que visa diminuir a quantidade de emissões do dióxido de carbono na atmosfera, seu sistema é onshore (por terra) e offshore (em alto mar).

Tecnologia Onshore no Brasil

A qualidade dos ventos torna o solo brasileiro um dos mais propícios para o aproveitamento desta energia. Apresenta a capacidade média de 42%, enquanto a média mundial gira em torno de 25%.

Desenvolvido apenas no sistema onshore, a maioria dos parques eólicos está situada na região Nordeste, que lidera 86% desta produção. Entre elas temos o Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Piauí e também o Rio Grande do Sul.

Localizados em zonas de maior altitude em áreas rurais despovoadas, estes parques contêm aerogeradores que aproveitam o vento através do movimento de suas hélices e transformam a energia mecânica em elétrica. Apesar de ser uma fonte inesgotável que diminui a dependência de combustíveis fósseis, a instalação dos parques eólicos causa a poluição visual e também sonora, devido ao zunido provocado pelas pás da turbina. Além disso, impacta diretamente sobre a fauna, quando se trata dos voos de aves.

Tecnologia Offshore

Visando diminuir estes impactos, a tecnologia offshore surge como uma alternativa em alto mar. É vantajoso tanto para o ecossistema quanto ao negócio, pois o vento nesta região é livre de barreiras e mais constante.

Por se tratar de uma questão marítima, os aerogeradores devem ser especiais e resistentes, por isso, apresentam altos custos de instalação e manutenção, que estão longe do financiamento brasileiro apesar de oferecer as características para o empreendimento.

A Europa adotou este modelo e é referência no sistema offshore. Hoje, abriga o primeiro parque eólico flutuante do mundo, Hywind Scotland, na Escócia.

De acordo com o relatório “Índice Global de Segurança Energética e Sua Aplicação em Nível Nacional”, publicado dia 15 de maio deste ano, a Alemanha destacou-se e possui o nível mais alto de segurança energética do mundo devido suas fontes renováveis, sendo uma referência mundial.

A CNBC, que faz cobertura de negócios, divulgou no dia 31 de março que a concessionária espanhola Iberdrola, formado por empresas da Espanha, Alemanha, França, Noruega e Dinamarca, está liderando um consórcio que pretende reduzir o custo para a produção flutuante desta energia.

Este projeto envolve o desenvolvimento de uma turbina offshore que excederia 10 megawatts (MW) em larga escala na Noruega, com a instalação prevista para o primeiro trimestre de 2022.

De olho na Espanha

A empresa espanhola Vortex Bladeless, criou a primeira turbina do mundo sem pás, nem engrenagens. Este aerogerador transformaria a energia elétrica através da oscilação causada pela vorticidade.

Visando a redução do custo de sua fabricação e manutenção, a minimização da poluição sonora e a preservação da fauna pelo fato de não conter hélices. A companhia está em fase de certificação do produto.


Sobre a Cogecom


A COGECOM é sustentável porque produz energia em pequenas centrais, a partir de fontes renováveis, como biomassa térmica, biomassa biodigestor, eólica, solar e hidráulica. Todos esses processos têm como marca inovação tecnológica e constante realização de pesquisas, o que torna a iniciativa extremamente moderna.

Contribuirmos para a que a produção de energia ocorra a um custo mais acessível, pois os cooperados chegam a ter até 20% de economia na conta de luz. Assim, além da sustentabilidade ambiental, essa cooperativa de geração de energia torna as operações dos negócios mais sustentáveis economicamente.

Saiba como a Cogecom pode ajudar você a economizar na fatura de energia da sua empresa
Clique aqui

Gostou?
Acesse nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece na Cogecom e no mundo da Energia